Estrada transversaa, cruzamento, encruzilhada,


Sonhar com encruzilhada, denota que você não será capaz de manter alguns ex-oportunidade favorável para alcançar seus desejos. Se você está indeciso qual tomar, que são susceptíveis de deixar as coisas sem importância irritá-lo de uma forma angustiante. Você será melhor favorecido pela fortuna se você decidir sobre o seu percurso. Pode ser depois deste sonho, você terá algum assunto importante de negócios ou amor para decidir.


Você sonhou com alguma coisa e gostaria de interpretá-la? Compartilhe o seu sonho

O seu email não será publicado.

*

6 sonhos - “Estrada transversaa, cruzamento, encruzilhada,

  1. …estou indo atrás do endereço com muitas recomendações que um costureiro chinês me deu junto com um vestido azul marinho, para comprar um idêntico,mas vermelho (o vestido é como gosto, discreto,chique, classudo, preciso dele para um evento meu importante). É de noite,silencio, escuro, mato rasteiro,ninguém em lugar nenhum, tudo é cinza.Estou à pé e começando a atravessar uma larga e bonita avenida asfaltada quando percebo que à minha esquerda na rua transversal do lado que vim,dois ônibus entram na avenida em que comecei a cruzar. O primeiro velho e lento passo por ele ,mas o segundo,um ônibus enorme novinho em folha, não visualizo o motorista,mas este parece estar disputando corrida com o outro por que mesmo em desvantagem de posição ele vem com tanta velocidade que calculo que mesmo que eu corra ele irá me atropelar…então na pista espero que ele passe,mas ao mesmo tempo percebo que ladeira acima da via principal de onde me encontro no meio atravessando, descem dois ciclistas…as bicicletas são muito interessantes, algo que nunca vi…lindas modernas…não existem ainda,acho…e passo entre elas com leveza, tranquilidade, calma, passo lento, ritmado e no sonho penso que diferença dos dois outros veículos e se estou andando tão descansadamente será porque estou cansada(mas não senti nenhum cansaço)ou porque já estou velha? Mas tbm não me percebo velha, (é só um pensamento) quando começo descansadamente a chegar na margem oposta percebo que na rua transversal (continuidade da que saíram os dois ônibus)ainda à minha esquerda, dois carros meio que no escuro estão parados esperando a vez de entrarem na grande avenida, e, tbm penso que os motoristas devem estar me criticando por ter me exposto e exposto outros daquele jeito, mas não me importo com o q eles pensam porque estou só, porque sou só e eu tinha que atravessar, e, apesar de tudo a interatividade da manobra foi perfeita. As transversais são de mão única confluindo para a avenida principal que eu acabei de atravessar que tbm é de mão única. Quando finalmente estou parada do outro lado olho para cima e vejo que a continuidade da rua transversal tem um aclive,um fog, é escura,mato nas margens, parece não ter nenhum morador daqueles lados…não sinto nenhum estímulo para seguir e me pergunto: fiz as loucuras que fiz e cheguei desse lado para quê?… então meio que me acordo e em estado de vigília dou continuidade ao sonho imaginando um elevador metálico e translúcido que por encantamento se encontra ali na minha frente e que tenho então acesso fácil para subir até a rua de cima que eu não tinha percebido antes.Onde estão prédios coloridos e iluminados, muitas pessoas circulando alegres, risonhas, felizes…é tudo tão lindo, me dá uma alegria tão intensa… aí é que eu percebo que atravessei uma encruzilhada, mas não no centro dela… vim de uma transversal cheia de compromissos pesados e atravessei a via principal me desviando de bólidos… percebo que o sentido da via principal não é para cima e para a frente no sentido de entendimento de futuro, mas no sentido de agua que corre da nascente…nesse momento tinha esquecido a procura do vestido vermelho… eu era tão colorida e risonha quanto as pessoas que estavam à poucos metros do meu alcance, eu estava pronta para me amalgamar… descrevendo esse sonho choro copiosamente…OBRIGADA, se puder me ajudar, imensamente agradecida.

  2. sonhei com um mulher ajoelhada de costas em uma encruzilhada na cidade onde eu nasci,não entendo.

  3. sonhei que ao passar por uma macunba(feitico) la estavava moedas e mais moedas ai comecei a pegar todas para mim e algumas roupas tambem
    o que pode ser

  4. Sonhei que a pessoa q eu estava ficando ameaçou a ex-mulher por telefone perto de mim,entao o deixei e fui embora,no caminho tinha uma rua de terra sendo escavada por tratores e tinha muita terra rosada cheio de geólogo e arquitéto no caminho do meu percurso encontro com uma amiga cheio de mudas de plantas nas mãos cumprimentei e seguir logo ao final desta rua encontro uma fileira de casal de noivos para casar todas com buquês, depois me deparo com uma avenida de asfalto cheio de carros transitando que corta o final da rua de terra .

  5. Desde criança, desde muito cedo sonho com coisas que sempre acabam acontecendo; estes sonhos são diferentes dos outros, e sei identificá-los. Mas desde criança, desde muito cedo, tenho um destes sonhos, referente á minha vida adulta, é um sonho que se repete até hoje. Neste sonho estou numa encruzilhada, mas sei que vou ir embora pra outro país pra sempre com um estrangeiro. Eu não escolho o caminho, mas no sonho sei o que vou escolher. É uma escolha que mudará toda a minha vida me trazendo paz e felicidade. Estou caminhando num caminho de chão batido reto e pouco largo,o céu está noite sem estrelas, e a grama sempre muito verde e bonita, este caminho vai-se ficando estreito,o céu está azul mas escuro, como se fosse chover, o caminho me leva á uma encruzilhada,quando chego na encruzilhada, reparo que o céu está de um azul claro, mas com muitas nuvens brancas e ele parece querer escurecer, como se me avizasse de uma batalha que eu teria que ganhar pra seguir o caminho. Fico confusa olhando, fico só olhando, sem saber que caminho escolher, mas ciente do que vou escolher na vigília.É como se ali fosse um ponto de encontro, estou esperando alguém ali, alguém que é de muito longe. Sinto que minha vida é naquele país, que lá reencontrarei antigas amizades de outras encarnações, é um lugar de resgate espiritual e de minha própria alma. Depois, no sonho, me vejo viajando por outros países onde já vivi em outras encarnações, e este estrangeiro ao meu lado.