Gansos


Sonhar que você está irritado com o grasnar dos gansos, denota uma morte em sua família. Para vê-los nadando, denota que sua fortuna está aumentando gradualmente. Para vê-los em locais gramados, denota sucesso garantido. Se você vê-los mortos, você vai sofrer a perda e desgosto. Para um amante, gansos denota a dignidade de seu parceiro. Se você pegá-los, você vai entrar em uma propriedade. Para comê-los, denota que suas posses são disputadas.


Você sonhou com alguma coisa e gostaria de interpretá-la? Compartilhe o seu sonho

O seu email não será publicado.

*

5 sonhos - “Gansos

  1. Eu estava entrando em uma casa e não havia cachorros e sim gansos, um monte encostados em uma parede, logo em seguida eu corri e subi em uma escada com medo deles, então foi que eles me atacaram e eu matei um e fui sair correndo e outro veio de atras de mim correndo muito

  2. Sonhei que minha prima tinha dois cachorrinhos e uma tartaruga, ela me deu os cachorros e eu pedi a tartaruga, coloquei em meu carro os animais e fui até a minha casa, lá meu pai me recebeu e mostrei os animais pra ele, porém, quando fui pegar a tarturaga ela virou um ganso ou um pato nem sei que era, sei que ela veio me atacando como um ganso ou pato preto sei la, dei uns chutes socos mas o bicho nao sucegava e vinha atrás correndo, eu falava pro meu pai vo te que mata esse bicho, ele parou de me bica depois voltou e eu continuei socando e chutando..

  3. Sonhei que um ganso veio até mim e me entregou um ovo, como se o ganso tivesse abandonado este ovo, então eu decidi levar este ovo até um galinheiro, perto da minha casa havia um, mas acabei passando por ele e levando até um galinheiro mais distante, quando cheguei lá vi uma galinha chocando, coloquei o ovo de ganso no ninho da galinha que ficava me bicando, quando largue o ovo vi que havia um pequeno gato dentro do ninho, o gato quebrou o ovo e pegou o filhote de ganso que estava vivo, então eu peguei o gato salvei o filhote e matei o gato torcendo seu pescoço. Um detalhe, durante o caminho que percorri até o galinheiro vi muitas casa bonitas e pensei que poderia me inspirar em alguma delas para construir a minha, e uma curiosidade é que o filhote de ganso ficava piando dentro do ovo como um gatinho.

  4. antes me senti com medo e lembro de ter pedidoajuda acordada ,gemendo,mas voltei a dormir.
    Alguma coisa voando para a mata e desaparecendo depois de ter cido afrontada e o homem de branco verificando se tinha ido realmente embora correndo atrás,fui na mesma direção e já estava em uma casa ,dentro de algo que parecia para guardar coisas de jardin,com mais pessoas dentro,havia gaiolas(duas) e em uma delas havia corujas e na outra dois pássaros,o passarinho fugiu e em um súbito o segurei no ar e segundos depois a coruja da outra gaiola se soltou e voou na minha direção e a segurei no ar ,segurava as duas aves em cada mão,a coruja na mão esquerda e fiz uma olhar a outra e nisso alguém abriu a gaiola e joguei o passarinho e passei o cadeado e a coruja segurei forte queria se soltar ,para jogá-la sem machucá-la foi difícil ,mas quando virei ela ,tinha garras enormes de fazer curvas,antes que pudesse larga-la totalmente dentro da gaiola me cravou com força as garras e duas bem pequenas e a do meio enorme,que foi horrivel arrancar com a mão,depois disso ja estava em outra sala de frente com algo estranho que mudava de rosto,com uma criança do lado tentando acalma-lo,durante esse episódio ao mesmo tempo o menino pegava bolinhas de chocolate para que eu comece,o que parecia ser irmão fez o mesmo e quando fui atrás o moço quando mudou de uma parede para outra já era meu pai,impedindo-nos de sair e nisso eu disse: como assim eu ja tenho 18 anos,depois de tudo que passei ainda quer me impedir de sair ? e dai o que parecia ser meu pai ficou dócil e começou a me adular,pareceu minha mãe escutando atrás da porta e saiu correndo e parou na vizinha gritando algo do tipo : tem de pegar no computador,sentei no chão e na minha frente via a casa da minha mão apenas o resto não existia e a frente parecia abandonada ,mas saiu uma menina correndo e entregou a ela um papel,nisso ja mudou de cena e alguem estava no telhado dizendo : e agora o que vamos fazer?olhei pra eles e lembrei dos meninos e fui atrás deles e estavam dormindo,havia gatos,mas estranhos e vestidos.Pegueio-os com raiva e joguei pela janela e nisso havia um ganso vestido de preto e branco,peguei e joguei longe e já era o corredor do meu pai,veio me enfrentar,peguei uma bandeja e comecei a enfrenta-lo,quando se aproximou bati com força parou longe e quando abriu as asas era verde e de cabeça achatada,joguei a forma nos olhos dele e quando senti a sensação estranha e de medo de algo parado atrás de mim eu acordei.